open core »

Adicionar repositórios do CentOS no RHEL 5

Se precisarem de actualizar um sistema RHEL (Red Hat Enterprise Linux) e a licença tiver expirado, ou ainda demorar a vir (meu caso), podem adicionar os repositórios do CentOS que é uma réplica do RHEL com a diferença que não tem suporte incluído e não se paga nenhuma licença. Convém salientar que se a máquina ainda tiver uma licença activa, a partir do momento em que efectuarem esta alteração no sistema, perdem por completo o suporte da Red Hat.

Para adicionar então os repositórios CentOS no RHEL basta criarem um ficheiro em /etc/yum.repos.d/ com o nome CentOS5.repo e o seguinte conteúdo:

[CentOS5 base]
name=CentOS-5-Base
mirrorlist=http://mirrorlist.centos.org/?release=5&arch=$basearch&repo=os
#baseurl=http://mirror.centos.org/centos/$releasever/os/$basearch/
gpgcheck=0
enabled=0
gpgkey=http://mirror.centos.org/centos/RPM-GPG-KEY-CentOS-5

[CentOS5 updates]
name=CentOS-5-Updates
mirrorlist=http://mirrorlist.centos.org/?release=5&arch=$basearch&repo=updates
gpgcheck=0
enabled=0
gpgkey=http://mirror.centos.org/centos/RPM-GPG-KEY-CentOS-5

[CentOS5plus]
name=CentOS-5-Plus
mirrorlist=http://mirrorlist.centos.org/?release=5&arch=$basearch&repo=centosplus
gpgcheck=0
enabled=0
gpgkey=http://mirror.centos.org/centos/RPM-GPG-KEY-CentOS-5

Agora é só gravar o ficheiro e activar estes novos repositórios no yum. Para isso basta fazer:

yum --enablerepo=CentOS-5*

E se quiserem fazer o import da key do repositório (recomendado):

rpm -import http://isoredirect.centos.org/centos/5/os/i386/RPM-GPG-KEY-CentOS-5

Agora é só fazer um yum update e dentro de segundos temos o sistema RHEL actualizado com os pacotes CentOS e a diferença é mínima.

Se mais tarde for necessário reverter estas alterações basta desabilitar o repositório (yum --disablerepo=CentOS-5*).